A África é o continente onde existem os mais diversos e interessantes segmentos religiosos. Boa parte deles está relacionada ao Vodu, uma tradição religiosa baseada nos ancestrais com raízes primárias nos povos daomeanos, que vivem nas regiões de Togo, Benim e também na Nigéria. Uma das expressões locais mais fortes pode ser vista nos rituais que apresentam os Zangbetos, estruturas cônicas feitas com armações de palha, que praticam danças ritualísticas sob o som produzido por gangbos e gankekes. O mais interessante nisso tudo, porém, é que dentro dessas estruturas não há ninguém: ou seja, elas seriam movimentadas pelos espíritos responsáveis pelo surgimento e pela proteção daquele povo. Seriam os Zangbetos figuras reais do Vodu africano, ou apenas figuras folclóricas e resultado de um truque muito bem feito?

Ficha Técnica:

ROTEIRISTA: Mozart J. Fialho / EDITOR DE VÍDEO: Vinicius Gutierres / ILUSTRADOR (THUMBNAIL): Vinícius Resende / DIRETOR DE FOTOGRAFIA e OPERADOR DE CÂMERA: Francisco (Sombra) / CINEGRAFISTA: Filipe Narezzi / AUXILIAR DE CÂMERA: Danyllo Freitas / DIREÇÃO DE ESTÚDIO: Carlos de Freitas / AUXILIAR DE ESTÚDIO: Yury Thalysson Santos / PRODUTOR: Thales da Guarda / GERENTE DE PRODUÇÃO: Augusto Ijanc / ÁUDIO e DIREÇÃO DE CENA E DE GRAVAÇÃO: Marlúcio Rezende / CHEFE DEP. YOUTUBE: Muryllo Vilela / REVISÃO DE ROTEIROS: Maurício Moreira / PRODUTOR EXECUTIVO: Luiz Phellype Alves